Seguindo a tendência do design feito à mão, a escola de marcenaria Labmob criou cursos práticos, em que o aluno constrói suas próprias peças, sejam elas cadeiras, mesas ou racks. Os módulos duram de três dias a três meses e têm diferentes formatos. Nos mais curtos, os alunos montam um móvel já determinado, como uma cadeira ou luminária. Nos mais longos, são eles que desenvolvem o projeto e o executam. “A gente só usa equipamentos de fácil manuseio. A maior parte dos alunos são arquitetos e designers, mas temos também advogados, dentistas. Não precisa ter experiência em marcenaria para fazer os cursos”, diz o arquiteto Bruno Lima, sócio de Daniel Sene no empreendimento. Além das aulas, os dois também produzem móveis sob encomenda no mesmo espaço: uma casa antiga com um quintal convertido em oficina. Na ativa desde os anos 1990, a Cose di Legno, do marceneiro Piero Caló, é outra opção para quem quer se aventurar com as madeiras. Além dos cursos de mobiliário, a escola oferece aulas sobre técnicas mais elaboradas, como marchetaria, entalhe e até marcenaria naval.

LABMOB
R. Anhanguera, 74, Barra Funda.
Tel.: (11) 2628-8678

COSE DI LEGNO
R. Antonio Bicudo, 22/30, Pinheiros.
Tel.: (11) 3082-2387

  • Feito à Mão

    Seguindo a tendência do design feito à mão, a escola de marcenaria Labmob criou cursos práticos, em que o aluno constrói suas próprias peças, sejam elas cadeiras, mesas ou racks. Os módulos duram de três dias a três meses e têm diferentes formatos. Nos mais …

    Leia mais

  • O BAIRRO DOS MEUS SONHOS

    Paris faz parte do itinerário da consultora de estilo e imagem Ucha Meirelles. Aos 37 anos, a paulistana visita a cidade uma vez por ano para acompanhar a semana de moda. “Viajar é parte do trabalho. É importante estar em busca de coisas novas”, diz. …

    Leia mais

  • LÁ VEM HISTÓRIA

    PARA OS IRMÃOS RUIZITO, FERNÃO, RODRIGO E JOÃO, A FAZENDA FOI UMA ESCOLA DE JORNALISMO, COM PROFESSORES PRIVILEGIADOS, COMO O AVÔ, O PAI E CONVIDADOS ILUSTRES. 1. Os Mesquitas na fazenda pouco depois de sua compra em 1912; 2. Júlio de Mesquita Filho conduz Fiel …

    Leia mais

  • TODAS AS TRIBOS

    NO GALLERY PODIA-SE JANTAR, BEBER, OUVIR PIANO, DANÇAR, VER E SER VISTO. Inspirado nos clássicos night clubs de Londres e Nova York, o Gallery conseguiu um feito e tanto: por uma década reinou absoluto na volúvel noite paulistana. “Uma das razões do sucesso era que …

    Leia mais

  • CLUBE PRIVÉ

    COMO É O “CLUBINHO” PARTICULAR QUE O PAISAGISTA GILBERTO ELKIS CRIOU PARA ABRIGAR COLEÇÕES, REUNIR AMIGOS, COZINHAR E SE DIVERTIR Um período de chuva incessante foi decisivo para a criação do “clubinho” – o espaço que o paisagista Gilberto Elkis, 55 anos, mantém numa rucla …

    Leia mais

  • CONEXÃO DIRETA

    Por quase duas décadas, ela foi sócia da agência de viagem fundada pela mãe, Teresa Perez, até decidir trilhar um caminho próprio. Hoje, Carolina Perez está à frente da Travelweek, feira que vem ajudando a revolucionar o turismo de luxo no Brasil e na América …

    Leia mais

  • ANTÍDOTO PARA O ESTRESSE

    Do sofá da sala, a empresária de moda Mônica Kornfeld tem uma visão generosa do jardim e do céu. Contemplar esse cenário é a fórmula que ela encontrou para reabastecer suas energias. O que este canto tem de especial? Minha sala de estar tem uma …

    Leia mais

  • Perfume Brasileiro

    Bab! bath + body Depois de mais de 15 anos trabalhando no departamento de marketing de multinacionais como Unilever e L’Occitane, as executivas Patrícia Tonetti e Ivana Morettin deixaram de lado a carreira corporativa para investir em um negócio próprio. Assim nasceu a Bab! bath+body, …

    Leia mais

  • PERDEU, SÃO PAULO.

    COM AS MUDANÇAS DE HÁBITO DOS CONSUMIDORES, CASAS E COMÉRCIOS QUE MARCARAM ÉPOCA RESOLVERAM FECHAR SUAS PORTAS – E A CIDADE PERDEU PARTE DE SUA ELEGÂNCIA E SOFISTICAÇÃO. “Era um lugar que não se encaixa mais no mundo de hoje.” O comentário de Gregorio Kramer …

    Leia mais

  • MEU/ BAIRRO – Moema

    CEP 04075- 023 – Moema Roberta Yamin é relações-públicas das mais disputadas em São Paulo. Moradora de Moema desde a infância, nos anos 1970, lembra da época em que brincava nas ruas onde só havia casas. Para ela, a palavra que define o bairro é …

    Leia mais

Página 2 de 7«12345»...Última »