TODAS AS TRIBOS

TODAS AS TRIBOS

NO GALLERY PODIA-SE JANTAR, BEBER, OUVIR PIANO, DANÇAR, VER E SER VISTO.

Inspirado nos clássicos night clubs de Londres e Nova York, o Gallery conseguiu um feito e tanto: por uma década reinou absoluto na volúvel noite paulistana. “Uma das razões do sucesso era que a casa cultivava o mix: juntava os bem-nascidos, os apaixonados pela noite, os gays, os artistas, o povo da moda, o mundo do esporte, os intelectuais”, já declarou o empresário José Victor Oliva, que fundou a boate em 1979, na rua Haddock Lobo, com os amigos Gugu di Pace, Giancarlo Bolla e José Pascowitch. Eram famosos o piano do Pachá que conduzia a trilha sonora dos jantares e a disco music do DJ Robertinho que agitava a pista. Como anotou o jornalista Nirlando Beirão no livro Rodeio conta os Jardins, “o Gallery guarda as mais fotogênicas imagens de uma tribo habillée, chacoalhando-se em joias, pingentes e relógios de ouro. Não havia noite em que Chiquinho Scarpa não viesse estacionar seu Rolls Royce e pisar com seus scarpins de verniz aquela passadeira vermelha do status e do prestígio”. Em 1996, José Victor passou o Gallery para as mãos de outro proprietário, que manteve o endereço aberto até a década de 2000 como espaço de eventos. “Hoje, quando meus filhos perguntam o que foi o Gallery, respondo: foi um lugar que trouxe felicidade para as pessoas. E ponto”, resume José Victor.

Compartilhar